Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Sábado, 16 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Sorocaba - RMS

Vereadores tomam posse e Cláudio do Sorocaba 1 é eleito presidente da Câmara

Discussão sobre discurso ou não dos candidatos à presidência da casa gerou debates

91
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a presidência da sessão que deu posse aos vereadores eleitos de Sorocaba, para o mandato entre 2021 e 2024, por ser o mais votado, Vitão do Cachorrão teve algumas horas como presidente da Câmara com discussões e com falta de habilidade para presidir a reunião que aconteceu na Câmara Municipal,  nesta sexta-feira (1º).

Por ser favorável à decisão da situação em relação ao fato de os candidatos à presidência da Casa não poderem discursar, o petista Francisco França, disse que por esta ação, Vitão estava manchando a própria história.

O grande debate foi sobre se poderia ter um tempo para discurso aos candidatos à presidência da Câmara, e se fosse possível, se seria de um ou cinco minutos. Os candidatos eram, Iara Bernardi (PT), Péricles Régis (MDB) e o que viria a ser eleito, Cláudio do Sorocaba 1. A maioria decidiu que não haveria discurso, causando protestos da oposição, encampada por Iara Bernardi (PT), França (PT), Salatiel Hergesel (PDT) e Fernanda Garcia (PSOL).

Claramente, três grupos se formaram e mostraram que deve ser a tendência durante este mandato, sendo o primeiro, o Grupo dos 13, formado pelos partidos de direita, como Republicanos, PRTB, PSL, PL, PSC e PTB, apoiados pelo Podemos; outro grupo que se mostrou volátil, mais voltado à situação, formado pelos vereadores do PSDB, um grupo independente, formado pelos vereadores do MDB e o último grupo abertamente de oposição, formado pelos partidos de esquerda, PT, PSOL e PDT.

O grupo dos 13 já chegou articulado para a votação da mesa diretora, ficando a maioria dos votos em 13, decidindo todas as votações a favor da situação, portanto sendo a base do prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) para todo o mandato se não acontecerem mudanças de rumo.

Mesa Diretora eleita:

Presidente: Cláudio do Sorocaba 1 (PL)

1º vice-presidente: Luís Santos (Republicanos)

2º vice-presidente:  Fausto Peres (Podemos)

3º vice-presidente:  Cícero João (PTB)

1º Secretário: Fábio Simoa (Republicanos)

2º Secretário: João Donizete (PSDB)

3º Secretário: Silvano Júnior (Republicanos)

Discurso do presidente

Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba 1, fez um discurso ressaltando sua origem paranaense, frisado pelo colega Vitão do Cachorrão como "pé vermeio". Cláudio ainda disse que seria "um vereador aliado e não alienado".

Em seu quarto mandato, Cláudio retorna à Câmara, depois de ter decidido sair candidato a vice-prefeito em 2016, perdendo a eleição e ficando os quatro últimos anos fora do legislativo. Ele já presidiu a Câmara em 2014 e 2015.

Seu mandato como presidente da Câmara, é de dois anos.

 

 

Fonte/Créditos: Hidalgo Netto

Créditos (Imagem de capa): Rádio Super

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado