Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Domingo, 20 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Entretenimento

Morre a atriz Eva Wilma, aos 87 anos

A morte da atriz Eva Wilma neste sábado (15), aos 87 anos, comoveu amigos e colegas de trabalho

117
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A morte da atriz Eva Wilma neste sábado, 15, aos 87 anos, vítima de um câncer no ovário comoveu amigos e colegas de trabalho, que se manifestaram em homenagem à artista em suas redes sociais.

A atriz Eva Wilma
A atriz Eva Wilma
Foto: Ronaldo Silva / Futura Press

Lilia Cabral, que contracenou com a "Vivinha" na novela Fina Estampa, em reprise atualmente, relembrou as dicas de atuação que recebia da veterana. "Ela me pegava pelo braço e me direcionava orientando como me posicionar na luz certa. Não me deixava sozinha em nenhuma situação, me contava histórias e sempre queria", escreveu.

 

O atores Thiago Fragoso e Regiane Alves também celebraram os trabalhos que fizeram ao lado de Eva Wilma. "Tive o prazer de fazer uma novela com Eva. Lembro nitidamente de ouvi-la conversando no camarim e ficar embevecido diante de tamanha vivência e conhecimento da teledramaturgia brasileira. Agradeci naquele momento, por ter o privilégio de ser testemunha", relatou Thiago.

Regiane Alves, em post no Twitter, escreveu: "Que ano mais triste. Hoje perdemos Eva Wilma, uma grande atriz e que muito me inspirava. Sorte a minha ter conseguido trabalhar ao lado dela. Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs".

 

O autor Walcyr Carrasco lamentou a partida da atriz. "Perde-se uma estrela da maior grandeza. Sem dúvida, uma das artistas mais talentosas do país, que dedicou sua vida à arte", escreveu. "Querida Eva Wilma que a sua luz ilumine nossos palcos pra sempre!", disse Boninho, diretor de gênero de variedades na Rede Globo.

A atriz Beth Goulart, filha de Nicette Bruno, amiga de longa data de Eva Wilma e que faleceu em dezembro de 2020, escreveu: "Uma mulher forte, que construiu uma história de conquistas, lutas e vitórias, uma mulher de opinião, que sempre se posicionou pela justiça e liberdade. O Brasil fica menor sem sua presença e seu brilho".

A artista estava internada desde o dia 15 de abril, inicialmente para tratar problemas cardíacos e renais. O câncer foi descoberto no último dia 7 de maio.

Fonte/Créditos: Terra

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado