Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Sábado, 16 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Ciência & Tecnologia

Google Classroom melhora detecção de plágio em textos de alunos

As melhorias começaram a ser liberadas em contas do G Suite for Education e Enterprise for Education

70
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Google reforçou a apuração de plágio em textos de alunos enviados pelo Google Classroom . A companhia anunciou, nesta quarta-feira (2), a detecção de símbolos de diferentes alfabetos ou sistemas de escrita ao gerar relatórios de originalidade pela plataforma que reúne os estudantes em uma sala de aula online .

Google Classroom incrementa detecção de plágio

O incremento no Classroom se concentra no relatório de originalidade, que compara um arquivo do Google Docs de um aluno com páginas da web e livros para verificar se há plágio . Com a atualização, o sistema ganha um reforço para evitar que os estudantes despistem a detecção de cópias indevidas ao reconhecer caracteres diferentes.

"Às vezes, os alunos trocam caracteres específicos por símbolos semelhantes para enganar a tecnologia de detecção de plágio. Por exemplo, se a letra "a" for substituída pelo símbolo grego '⍺' ou pelo símbolo cirílico 'α', uma atribuição plagiada pode não ser detectada como tal", explicaram em uma publicação no blog do Google Workspace .

As melhorias começaram a ser liberadas em contas do G Suite for Education e Enterprise for Education e de usuários autônomos do Classroom e Tarefas desde quarta-feira, 2 de dezembro de 2020. Segundo o Google, assinantes do Google Workspace e G Suite Basic, Business e Nonprofits não terão acesso à novidade.

Com informações: Google Workspace Updates

Fonte/Créditos: IG Tecnologia

Créditos (Imagem de capa): Bruno Gall De Blasi

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado