Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Sábado, 04 de dezembro de 2021
Publicidade
Publicidade

Sorocaba - RMS

Gerente de loja de Itapetininga é encontrada morta na divisa com Alambari

Familiares que faziam a busca, encontraram o corpo

1167
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A gerente de uma loja de máquinas e ferramentas, Suzana Dias Batista, de 47 anos, que era procurada pela família, depois de desaparecer na quarta-feira (17), teve o corpo encontrado em uma mata, entre Itapetininga e Alambari, na quinta-feira (18). A própria família, que fazia buscas, encontrou o corpo.

O rosto de Suzana apresentava marcas de violência e ela estava apenas de roupas íntimas, o que sugere que ela teria sido violentada.

A polícia procura o suspeito, um homem que aparece em imagens de segurança, dirigindo o carro da empresa em que Suzana trabalhava.

O velório será no início da tarde em Itapetininga e o sepultamento acontece às 17h.

O que aconteceu

A gerente de uma loja de máquinas e ferramentas de Itapetininga,  Suzana Dias Batista, de 47 anos, está desaparecida desde a tarde de quarta-feira (17). Ela foi vista pela última vez por volta das 14h30, em uma locadora de vans no centro da cidade. 

Tainá Fernanda Batista Cesár, 25 anos, filha de Susana, disse que a mãe, saiu da loja onde trabalha para ir almoçar em casa, porém passou em uma locadora de vans, para ir até Sorocaba, na quinta (18), com companheiros de trabalho.

Depois disso, Suzana não foi mais vista. 

 

 

Fonte/Créditos: Rádio Super

Créditos (Imagem de capa): Reprodução de redes sociais

Comentários:

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado