Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Sábado, 23 de janeiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Sorocaba - RMS

GCM e PM fazem operação contra aglomerações na zona norte de Sorocaba

Ao todo, 22 GCMs, em 10 viaturas, tanto da patrulha tática Ronda Ostensiva Municipal (Romu), além de 27 PMs, em 17 viaturas foram mobilizados

49
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Quem descumpriu as determinações do Plano São Paulo de contingência ao novo coronavírus na noite desta sexta-feira (8), teve que enfrentar duas operações de segurança pública, com o objetivo de prevenção contra a Covid-19. Numa delas, a corporação deu apoio à equipe de Fiscalização de Posturas de Bares, da Prefeitura, e em outra, realizou trabalho integrado com a Polícia Militar em pontos específicos da cidade. Houve coibição de pancadões e dispersão de pessoas em estabelecimentos comerciais e locais em que havia  aglomeração.

Ações da GCM no Cajuru também combateram aglomerações

 

Ao todo, 22 GCMs, em 10 viaturas, tanto da patrulha tática Ronda Ostensiva Municipal (Romu) como de trânsito, além de 27 PMs, em 17 viaturas foram mobilizados. As operações integradas entre PM e GCM ocorreram no Jardim Paineiras, Parque Vitória Régia, Conjunto Habitacional Ana Paula Eleutério (Habiteto) e Cajuru. No total, a GCM emitiu 62 autos de infração de trânsito e a Polícia Militar, 55. Ainda foram apreendidos e recolhidos pela polícia 33 veículos. Um homem, procurado pela Justiça, acabou preso.

A fiscalização em bares ocorreu em localidades na Zona Norte de Sorocaba, ocasião em que um estabelecimento foi autuado, três orientados a fechar e dois acabaram interditados, em descumprimento ao decreto nº 26.006, principalmente porque havia pessoas sem acomodação adequada, em pé e sem a manutenção de distância mínima.

 

Mais averiguações

Além dessas operações integradas, a GCM ainda atendeu a uma série de chamadas de averiguações, sobretudo de denúncias de aglomerações. Em duas delas, uma no Jardim Simus e outra na Vila Carvalho, o bar já estava fechado quando as equipes chegaram. Ainda houve denuncia de aglomeração em posto de gasolina desativado no Jardim Humberto de Campos.

Também após denúncia, de som alto e aglomeração, a GCM fechou um bar na Vila Nova Sorocaba e dispersou 30 pessoas que não estavam devidamente acomodadas. Tanto em Praça no Residencial Carandá como em deck no Jardim Botânico, pessoas saíram correndo após a chegada da GCM, que recebeu informação de som alto. Em Santa Rosália, uma casa noturna também teve que interromper as atividades, pois havia pessoas em pé e sem manter distância de segurança sanitária. No bairro Central Parque, um grupo de 15 pessoas em uma área de lazer foi orientado a deixar o local.

"As ações conjuntas entre as forças policiais são necessárias para multiplicar os efetivos e ter um número maior de ações simultâneas, coibindo os pancadões de maneira efetiva", Aponta o secretário de Segurança Urbana de Sorocaba, Cel. Vitor GusmãoEle destacou ainda que, durante o plantão noturno, a GCM registrou 34 ocorrências de proteção ao patrimônio público.

 

Inteligência e apoio da população

O Cel. Vitor Gusmão ressalta que a coibição de pancadões e aglomerações excessivas continuará tendo atenção especial da GCM em Sorocaba, sobretudo nos fins de semana, com prioridade nas ações preventivas para evitar o risco de contágio do novo coronavírus.

"O objetivo sempre é chegar nesses locais antes que as pessoas se instalem e deem início ao evento. Além do nosso trabalho de inteligência, temos visto que a população está colaborando, fazendo denúncias. Isso é muito importante para que possamos agir o mais rápido possível", comemora. Informações e denúncias à GCM podem ser passadas pelo fone 153.    

Fonte/Créditos: GCM

Créditos (Imagem de capa): Secom

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado