Rádio Super - A Original

MENU
Logo
Sábado, 01 de outubro de 2022

Policial

Assassino de funcionário de conveniência é condenado a 14 anos de prisão

O julgamento do caso ocorreu nesta quinta-feira (22), quase três anos após o crime

15
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Marco José Pupo de França, que matou Lucas Roberto Oliveira, em novembro de 2019, por vingança, depois que a vítima repreendeu o acusado de uma confusão em uma conveniência de um posto em Sorocaba (SP), foi condenado por homicídio qualificado a 14 anos de prisão.

O assassinato aconteceu em uma conveniência de um posto de combustíveis, no Jardim Santa Rosália. Lucas Roberto  era funcionário da loja de conveniência, que fica ao lado do posto de combustíveis e foi atingido por cinco tiros. Segundo um frentista, ele foi baleado após pedir para que os suspeitos parassem com um tumulto que faziam no local. Os homens retornaram e atiraram contra a vítima.

O julgamento do caso ocorreu nesta quinta-feira (22), quase três anos após o crime. De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), Marco José Pupo de França cumprirá a pena em regime fechado.

No julgamento, ele foi absolvido pelo crime de tentativa de homicídio contra uma outra pessoa.

O crime

Na época, os suspeitos fugiram em um carro. Uma câmera de segurança registrou os dois pouco antes do crime. Após buscas, o veículo utilizado na fuga foi encontrado no Jardim Abaeté.

Um dos suspeitos foi preso em março de 2020, mas recebeu alvará de soltura depois que o processo foi desmembrado, já que ele responde por outro homicídio. Portanto, será julgado separadamente

Fonte/Créditos: Rádio Super

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Comentários:

Estamos felizes em ter você com a gente. Deixe seu recado